Fone: (51) 99916-3993
E-mail: diretoria@abradigue.com.br

ABRADIGUE

A número 1 no Brasil
Segmentos Implementos Rodoviários

LANÇADA OFICIALMENTE A 16ª TRANSPOSUL

Em coletiva de imprensa realizada nesta quinta-feira(3) o Setcergs - Sindicato das Empresas de Transporte de Cargas e Logística no Estado do Rio Grande do Sul – apresentou os diferenciais da 16ª edição da Transposul. A feira e congresso figuram entre os principais eventos do cenário nacional para os setores de Transporte, Logística e Distribuição.

Entre as novidades do Congresso, um olhar para a governança corporativa com foco nas empresas familiares, novas tecnologia em segurança e logística reversa. Na última edição o Congresso contou com a participação de 3,1 mil pessoas. Já a feira que reunirá novidades tecnológicas dos maiores fabricantes de caminhões, pneus, combustíveis, implementos rodoviários, sistemas, equipamentos e serviços voltados para a logística e multimodalidade espera contabilizar negócios da ordem de 100 milhões de reais e um público de 15 mil visitantes. Serão cinco mil metros quadrados de exposição onde a cadeia transportadora terá oportunidade de buscar novos negócios e fornecedores.

Outra novidade no evento em 2014 é o Espaço Ônibus, uma área exclusiva para o transporte rodoviário de passageiros. Para a organização, o objetivo desta ação é buscar uma maior interatividade entre os fabricantes de ônibus, equipamentos e serviços com os empresários da região sul que buscam novos negócios e investimentos neste mercado.

Durante o evento também será lançada uma nova tecnologia conhecida como Olho Inteligente que percebe quando o motorista esta prestes a fazer uma ultrapassagem irregular, identifica placas de transito e freia o veículo automaticamente caso ele se aproxime demasiadamente de outro veículo.  

O presidente do Setcergs, Sérgio Neto fez uma avaliação do mercado de transportes no Brasil e lembrou que a estimativa de vendas de caminhões no país em 2014 é de 150 mil unidades, um número razoável para o setor. “As vendas na Transposul muitas vezes correspondem em três dias de evento às vendas de um mês inteiro”, comenta Neto.

Entre as demandas do setor, o Sindicato tem trabalhado com temas como a flexibilização da Lei dos Motoristas e restrição de zonas urbanas que impactam diretamente no trabalho do transportador. “A melhoria da infraestrutura e a desoneração do setor estão no topo das reivindicações dos transportadores. Somos o segmento da economia que mais abre postos de trabalho e que paga mais impostos. Não gozamos dos benefícios fiscais oferecidos a indústria e sofremos com um cenário oposto no setor de serviços”, acrescenta o presidente.

No Rio Grande do Sul estão 12 mil empresas transportadoras de cargas, na sua maioria de pequeno e médio porte. 85% do que é produzido no Estado é transportado pelo modal rodoviário, média muito superior a nacional que chega a 60%, com uma frota com 15 anos de idade média.